ASP.NET - Criando a sua Loja Virtual - Objetivos e Modelagem de dados


Se você deseja criar um site de comércio eletrônico - uma Loja Virtual -  deverá levar em conta os diversos aspectos envolvidos neste processo. A definição da tecnologia utilizada , o perfil dos usuários , a segurança das transações , a qualidade e  quantidade das  informações e  a estrutura de suporte , dentre outros aspectos , podem ditar o fracasso ou sucesso do seu site de e-commerce. 

Iremos mostrar as principais etapas envolvidas na criação de uma loja virtual usando banco de dados. Ao final deste último capítulo você estará apto há criar a sua própria loja Virtual na WEB usando os conceitos aqui descritos.

Abordaremos um exemplo simples, mas que envolve praticamente todas as tarefas que você vai precisar saber para criar a sua própria loja virtual. Não iremos aqui nos preocupar com a aparência do site (você vai perceber que isto é verdade). Nossa preocupação será mostrar de forma clara cada conceito técnico empregado no desenvolvimento do projeto. Isto não quer dizer que você não deve se preocupar com a aparência. Uma interface inteligente que apresente com clareza a empresa e seus produtos e com todas a informações necessárias para orientar o usuário que acesse o seu site é fundamental. Nada de abusar de imagens e tornar o acesso ao site lento a ponto de irritar o internauta , nem usar uma interface tosca e rudimentar o que poderia causar desconfiança aos usuários.

O objetivo – Eu quero vender meus produtos na WEB

Bem , você possui uma Softhouse/Livraria (podia ser uma livraria, uma discoteca , uma loja de eletrodomésticos , um revendedora de automóveis, etc.) e decidiu colocar os sistemas desenvolvidos pela sua empresa e os seus livros a venda na Internet. Neste momento a sua dúvida principal é - "Por onde eu começo ???".

Você deverá definir qual o objetivo do site, o público alvo, as informações que você deseja exibir , os serviços disponibilizados e a tecnologia a ser empregada para construir o site. Simples !!! não é mesmo ?

A primeira coisa que você deve fazer é pensar em como é feita a venda de seus produtos atualmente ou como seria feita na forma tradicional . Na maioria das empresas o ciclo pode ser resumido da seguinte forma:

1-) É feita a propaganda dos produtos. (informações sobre os produtos)

2-) Os clientes entram em contato com a empresa. (Telefone, balão, fax, internet , vendedores, etc..)

3-) Os clientes examinam o produto (catálogo de produtos, demos, vendedores, etc..)

4-) Os clientes fazem o pedido do produto.

4-) Os clientes compram o produto.

5-) É mantido um cadastro de clientes para mala direta para propaganda ou contato posterior.

Na Internet , com algumas adequações , o ciclo será praticamente o mesmo, só uma coisa vai mudar : o primeiro contato de seus clientes potenciais será feito virtualmente , ou seja , via Internet, através do site de sua empresa.

Para poder disponibilizar a sua loja virtual você deverá empregar a tecnologia que permite concretizar o seu negócio na WEB , você vai usar : HTML, JavaScript, ASP.NET ,  SQL e banco de dados na Internet.

Quero deixar claro que esta será uma loja simples e muitos recursos mais avançados não serão implementados neste primeiro momento. As páginas da nossa loja virtual serão :

  1. Página Principal que mostra o site e opções para visualizar o catálogo de produtos
  2. Página de detalhes dos produtos
  3. A página da cesta de compras
  4. A página que permite alterar , excluir e efetivar a compra
  5. A página de finalização do pedido.

Modelando os dados – Banco de dados, Tabelas , campos e registros

Você já percebeu que vai precisar armazenar informações em arquivos de banco de dados. Essas informações , para o nosso caso , são:

1-) Informações sobre os produtos (identificação , nome, valor, forma de envio, etc..)

2-) Informações sobre os clientes ( identificação, nome, endereço, etc..)

3-) Informações sobre os pedidos dos clientes ( cliente, produto, quantidade, etc..)

Além disto você deverá oferecer informações sobre a sua empresa de um forma clara para que o usuário tenha confiança em adquirir os seus produtos.

Como guardar essas informações de forma eficiente e segura ? Dependendo da plataforma onde você pretende criar a aplicação a resposta será diferente, mas para podermos trabalhar com um universo maior de usuários iremos assumir que você irá usar um banco de dados padrão Access , um arquivo com extensão mdb , para armazenar os seus dados.

A primeira coisa a fazer é a modelagem de dados : criar o seu banco de dados , as tabelas , os relacionamentos. Para uma aplicação mais complexa existem ferramentas que facilitam este trabalho ( infelizmente ferramentas que são caríssimas ) : Erwin , RUP , etc.. Para o nosso caso iremos fazer a modelagem manualmente ( como a maioria faz).

Eu posso criar o banco de dados no Access 2000 ou no SQL Server ; por uma questão de simplicidade irei usar o Access 2000. O nome do banco de dados será loja.mdb e ele conterá as tabelas que conterão os dados relacionados com nossa transação na internet.

Quais tabelas eu vou precisar ? Iremos precisar das seguintes tabelas :

Vamos definir os campos de cada tabela conforme figuras a seguir:

O relacionamento entre as tabelas é feita da seguinte forma :

A tabela de pedido armazena os dados do pedido : nome do comprador , código do pedido  , código do produto , data da entrega , data do pagamento . Ele manterá então uma relação NxN para com a tabela Produtos e ItensPedidos.

Teremos uma relação de 1 para N entre a tabela Pedidos e ItensPedidos e uma relação  N para 1 entre a tabela ItensPedidos e Produtos.

O esquema do relacionamento entre as tabelas é exibido na figura a seguir:

Nota: Como este é um exemplo didático de uma loja virtual em ASP.NET por questão de simplicidade eu não vou fazer o tratamento dos dados de todas a tabelas . Irei focar somente as tabelas : Pedidos , Produtos e ItensPedidos.

Terminamos assim a primeira fase , a fase da definição e modelagem de dados. Vamos fazer agora a configuração da aplicação para Web.

Aguarde o próximo artigo em : Configurando sua aplicação web.

Até lá...


José Carlos Macoratti